Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

Faça download do jornal Extra

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O Promotor de Justiça do Meio Ambiente da Comarca de São Luís, Luis Fernando Cabral Barreto Júnior, encaminhou ao advogado Carlos Nina resposta a seu requerimento sobre o que chamou de privatização da Lagoa. O requerimento de Carlos Nina está publicado neste site, na seção de notícias, sob o título "Manifestação contra a privatização da Lagoa da Jansen" . Clique aqui para ler a resposta do Dr. Fernando Barreto.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Carlos Nina

José Leonardo Magalhães Monteiro faleceu dia 25/05/2013. Estava no exercício da presidência do Sindicato de Jornalistas Profissionais de São Luís, cargo para o qual vinha reelegendo-se sucessivamente.

Inconformados com as derrotas eleitorais, alguns de seus adversários revelaram-se desafetos pessoais e procuraram atacá-lo induzindo a erro a Federação Nacional dos Jornalistas e o Poder Judiciário.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O advogado Carlos Nina dirigiu ao Promotor de Justiça do Meio Ambiente da Comarca de São Luís, Luis Fernando Cabral Barreto Júnior, requerimento sobre o que chamou de privatização da Lagoa.

Lagoa_bases_de_sustentao_da_estrutura_metlica_finacada_no_local20130426

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Em 2012, Florianópolis novamente sediará o SECMASC, agora em sua segunda edição. 

Nos dias 16 e 17 de julho de 2012 (segunda e terça-feira), profissionais de todo o país terão a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos em relação à aplicação das formas alternativas de resolução de conflitos com os principais e mais renomados profissionais da área.

Durante dois dias serão discutidos os meios adequados para resoluções de controvérsias e litígios que podem ser utilizados nas diversas áreas do conhecimento, como jurídica, contábil, empresarial, educacional, psicológica, engenharia, administrativa, economia, dentre outras.

Os institutos da Conciliação, da Mediação e da Arbitragem conquistam cada vez mais a aceitação da sociedade, pelas vantagens da celeridade, economia, sigilo e flexibilidade que proporcionam.

Mais informações e inscrições por meio do site www.fecema.org.br

 

32