Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
Pin It

Nascido em Pinheiro, no Estado do Maranhão, José Ribamar Seguins, filho de Pedro João Seguins e Benedita Gomes Seguins, bacharelou-se em Ciências Jurídicas e Social pela Faculdade de Direito de São Luís (MA).

Foi Promotor de Justiça nas comarcas de Turiaçu, Cururupú, Brejo, Codó e São Luís. Exerceu, em substituição ao titular, a Secretaria de Educação e Cultura do Estado do Maranhão, tendo, também, exercido as funções de Secretário-Adjunto da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança do Maranhão, Coordenador do Sistema Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís (MA).

Membro do Instituto Histórico Geográfico do Maranhão, onde ocupa a cadeira número 21, que tem como patrono o escritor e jornalista Antônio Henrique Leal, foi presidente da Instituição.

É Sócio Correspondente do Instituto Histórico Geográfico do Distrito Federal, por proposta do escritor José Adirson Vasconcelos; e da da Sociedade Cearense de Geografia e História, por proposta do historiador e escritor, Guriano Alves de Oliveira.

Em 1950 recebeu a Carta Patente confirmatória do gozo das honras, direitos, regalias e vantagens inerentes ao posto de 2o Tenente-R2, do Exército Nacional, assinado pelo presidente da República, Marechal Eurico Gaspar Dutra, e pelo Ministro da Guerra, General Carrombet Pereira da Costa.

Foi o primeiro presidente do Conselho Estadual de Educação, em 1963, por ato do Governador Newton de Barros Bello.

Em 1968, por indicação do Egrégio Conselho de Honrarias e Mérito da Sociedade de Estudo de Problemas Brasileiros, foi-lhe outorgada a Ordem das Bandeiras, no grau de Comendador, pelos relevantes serviços prestados a cultura.

Em março de 1969 foi eleito presidente da Associação do Ministério Público Estadual do Maranhão.

Em 1985 foi condecorado pelo Governador Luís Alves Coelho Rocha com a maior comenda do Governo do Maranhão, a medalha “Honra ao Mérito Timbira”, por mérito cultural.

Em 1990 foi nomeado membro do Conselho Estadual de Política Penitenciária, como representante da Comunidade.

Em 1991 recebeu da Câmara Municipal de Cururupu o título de “Cidadão Cururupuense”, pelos relevantes serviços prestados à comunidade local.

Em 28 de Julho 1995 foi agraciado pela Marinha do Brasil com a medalha “Amigo da Marinha”.

Foi Administrador Estadual da Campanha Nacional de Escolas da Comunidade - CNEC, tendo fundado e organizado 4 estabelecimentos de 1º e 2º graus na capital e 31 no interior do Estado.

Foi, também, Governador do Distrito L26 do LIONS Internacional, no AL-1977/78, compreendendo os Estados do Maranhão, Pará, Piauí e Amapá.

É autor dos seguintes livros:

7 O número sagrado

Ave Marias e Anas

Brasil independente

De pai para pai

Flagrantes da reeleição 1998

Fragmentos da transição democrática do Brasil 1987-1989

Mulheres no comando

Pena de morte – tese rejeitada

Terra à vista – Brasil 500 anos

(Pesquisa e redação de Arthur Aquino Flexa Ribeiro)

Pin It